Com linhas de equipamentos completos para empresas de todos os tamanhos, a Fujitsu aproxima-se dos canais Latam para expandir sua capilaridade no setor

Estudos da PwC apontam que apenas 9% das empresas brasileiras se classificam como avançadas em níveis de digitização – termo utilizado pela consultoria para representar a transformação por meio de ferramentas digitais. No entanto, a maior parte das companhias prevê avanço acelerado do setor nos próximos anos. Em 2020, a expectativa é de que o percentual salte para 72%.

Tornar as empresas mais digitais deixará de ser uma tendência para ser uma vantagem competitiva. Pensando nisso, a Fujitsu no Brasil decidiu ampliar sua atuação de vendas de scanners por meio de parceiros e passa a ser responsável pelo Programa de Canais destes produtos em toda América Latina.

“Um dos principais objetivos da Fujitsu é auxiliar as empresas nessa jornada de transformação digital e a digitalização de documentos é parte do caminho”, afirma Marcelo Freitas Gomes, diretor de scanners da Fujitsu no Brasil. “Nossa linha de scanners confere muito mais agilidade aos processos dentro das empresas de todos os tamanhos – temos produtos com capacidade de digitalizar 100 páginas por minuto, por exemplo”, completa.

Hoje, a Fujitsu conta com diversos canais em toda América Latina. Segundo Gomes, os canais são peças-chave dentro da estratégia da Fujitsu de expansão na América Latina com as linhas de scanners. “Reunimos, recentemente, todos os parceiros de scanners Latam para falar sobre os objetivos, lançamento e demonstração de novos scanners. Além disso, também apresentamos o portfólio de vários segmentos de produtos e serviços de TI nos quais a Fujitsu do Brasil atua, complementares ao negócio de digitalização de documentos. Todas as soluções têm grande sinergia de vendas para ajudar os canais a criar uma oferta única de valor aos clientes: scanners, softwares de captura e qualidade de imagens – PaperStream Capture Pro, software de workflow para estruturação de processos e melhoria da conformidade nas empresas – Run My Process – que também inclui opção de “storage in cloud”, assim como novos dispositivos para biometria. A ideia é que esse encontro seja anual, assim podemos ficar cada vez mais próximos”, explica.

Linhas de scanners

Entre os lançamentos de produtos da Fujitsu, empresa japonesa líder em tecnologia da informação e da comunicação (TIC), estão os scanners A3 fi-7600 e fi-7700. Com capacidade de digitalização de 100 páginas por minuto, os dois produtos possuem ótima relação custo-benefício e menor consumo de energia. Eles também apresentam vários outros recursos no mecanismo de alimentação que contribuem de forma importante para a eficiência e a produtividade do processo. Ambos podem ser utilizados para gestão documental nos setores financeiro, de educação e em laboratórios, áreas que geralmente exigem alta carga de digitalização de documentos.

A empresa conta, também, com o scanner SP-1425, modelo compacto e versátil com capacidade de digitalização em tamanho A4 com ADF e flatbed integrado. Por oferecer uma operação simples e de alta confiabilidade, o equipamento é recomendado para uso em pequenas e médias empresas com necessidade de digitalização de documentos variados – desde papeis finos até cartões plásticos e passaportes.

Fonte: www.docmanagement.com.br